terça-feira, 26 de abril de 2011

terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

COMUNICADO A IMPRENSA..."URGENTE"


COMUNICADO A IMPRENSA


Comunicado aberto a Mídia ou Imprensa Nacional: Redes de TV, Jornais, Cadeias de Rádios, Sites de Informação.
Não é de costume dos Militares Estaduais fazer qualquer tipo de ameaça, pois pautamos-nos pelo princípio da legalidade e da moralidade sempre. Entretanto estamos enviando este comunicado abertamente a Imprensa de modo geral: TVs, Jornais, Rádios, Sites de Informação.
Todos nós, Militares Estaduais, Policiais e Bombeiros, ficamos decepcionados com a posição da Mídia ou Imprensa Nacional que sumariamente ignorou a maior manifestação de Policiais e Bombeiro Militares realizada na capital federal nos dias 2 e 3 de fevereiro. Seja por qual motivo for ou a quem pôde interessar, a Nação Brasileira não teve por parte da Imprensa o conhecimento de tão importante evento.
A PEC300 trata da regulamentação salarial de umas das maiores categorias de servidores do país, senão a maior. Somos considerados o braço do Estado e o único órgão que está em contato com a população 24 horas por dia, 365 dias no ano. Qualquer outra repartição pública tem horário de funcionamento, finais de semana e feriados. A Polícia Militar e o Corpo de Bombeiro Militar não. Apesar de não sermos reconhecidos pelo Governo, que não nos dá a devida importância, do nosso trabalho depende a ordem pública de toda a nação.
Diante da tramitação da PEC300 e de sua postergação, já se murmura pelos quartéis e em todos os estados do Brasil a possibilidade de uma radicalização geral por parte da PM e BM na forma de Aquartelamento e até mesmo de Greve Geral. O governo e nem a Imprensa se deram conta disso, dessa possibilidade.
Imaginem um dia, apenas um dia sem a presença da Polícia Militar e Bombeiro Militar em todo o Brasil. Seria um caos total no trânsito, no comércio, na rede bancária, enfim um prejuízo incalculável. Como ordeiros e, sobretudo defensores da Lei, essa não é nossa vontade, mas não nos furtaremos de lançar mão desses artifícios em favor da nossa justa causa. Lembramos que uma tropa com fome é uma tropa sem comando.
Nos dias 2 e 3 de Março de 2010, estamos organizando uma mega mobilização em Brasília, com a estimativa de 10 mil Bombeiros e Policiais fardados. Nosso intuito é chamar a atenção da sociedade brasileira a precária condição de nossos salários e de exigir que a Câmara dos Deputados coloque em pauta a PEC300.
Conclamamos a Imprensa do Brasil a divulgar sem mordaças e interesses comerciais esse grandioso evento. Lembramos que somos parceiros da mídia, quando subsidiamos a mesma com informações de nosso universo profissional para veiculação em seus veículos de comunicação.
Afirmamos que caso não haja a devida divulgação por parte da mídia, haverá um boicote total a todos os meios de informação: TVs, Jornais, Rádios e Site de Informação:
- Não daremos informações sobre ocorrências, prisões realizadas, apreensões de drogas e armas, resgates, ocorrências assistenciais e acidentes;
- Não faremos qualquer tipo de entrevista relacionada ao nosso trabalho;
Enfim, não vamos facilitar o trabalho da mídia.
Esperamos contar com a compreensão da Imprensa e da sociedade brasileira, pois nossa luta é justa e merece por parte de todos a devida importância.

Origem: Site da Pec 300 - Wellington A. Oliveira - Colaborador - (Texto publicado em diversos Blogs Policiais e Afins)

"JUNTOS SOMOS MUITO FORTES"
"PEC 300 JÁ"
 "PELO AMOR DE DEUS"


segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

"Novidades sobre o Bolsa Olímpica, Quem tem + de 23 anos de serviço não recebe..."


Publicada portaria que regulamenta decreto que cria as bolsas Olímpica, Copa e Formação


Regulamenta os arts. 9o, 10 e 15 do Decreto
nº 6.490, de 19 de junho de 2008,
alterados pelo Decreto no 7.081, de 26 de
janeiro de 2010, e dá outras providências.
 
O MINISTRO DE ESTADO DA JUSTIÇA, no uso de suas
atribuições e tendo em vista o disposto
nos incisos I e II do parágrafo
único do art. 87 da Constituição Federal, no Decreto no 6.061, de 15
de março de 2007, e no art. 17 do Decreto no 6.490, de 19 de junho

CONSIDERANDO a instituição, no âmbito do Projeto Bolsa- Formação, dos ciclos especiais de capacitação para os policiais civis e militares e bombeiros militares dos entes federativos que
sediarão os Jogos da Copa do Mundo de 2014, bem como para os policiais civis e militares, bombeiros militares e guardas municipais dos entes federativos que sediarão os Jogos Olímpicos de 2016; a importância de estabelecer critérios e parâmetros visando àuniformização de práticas e procedimentos necessários à implementação dos ciclos especiais de capacitação Jogos da Copa do Mundo de 2014 e Jogos Olímpicos de 2016; e a necessidade de edição de atos complementares para cumprimento
do disposto no arts. 9o, 10 e 15 do Decreto no 6.490, de 19 de junho de 2008, alterados pelo Decreto no 7.081, de 26 de janeiro de 2010; resolve:

CAPÍTULO I
DAS DISPOSIÇÕES GERAIS
Art. 1o Estabelecer orientações para a implementação no âmbito do Projeto Bolsa-Formação dos ciclos especiais de capacitação:
I - Jogos da Copa do Mundo de 2014; e
II - Jogos Olímpicos de 2016.
Art. 2o Caberá aos entes federativos a seleção dos interessados em participar dos ciclos especiais de capacitação Jogos da Copa do Mundo de 2014 e Jogos Olímpicos de 2016, atendidos os requisitos descritos nesta Portaria e no termo de adesão.

CAPÍTULO II
DOS CICLOS ESPECIAIS DE CAPACITAÇÃO DA BOLSA-FORMAÇÃO
Seção I
Dos Jogos da Copa do Mundo de 2014
Art. 3o Poderão participar do ciclo especial de capacitação Jogos da Copa do Mundo de 2014, os profissionais de segurança pública que atenderem os seguintes requisitos:
I - ser policial civil, policial militar ou bombeiro militar de ente federativo sede dos Jogos da Copa do Mundo de 2014 que tenha assinado termo de adesão, nos termos do art. 9º do Decreto nº 6.490,
de 19 de junho de 2008;
II - não ter sido responsabilizado ou condenado pela prática de infração administrativa grave, nos últimos cinco anos;
III - não possuir condenação penal nos últimos cinco anos;
IV - freqüentar, a cada doze meses, ao menos um dos cursos oferecidos ou reconhecidos pela Secretaria Nacional de Segurança Pública ou pelo Departamento Penitenciário Nacional do Ministério
da Justiça;
V - integrar unidade responsável pela segurança de eventos esportivos;
VI - ter no mínimo mais 5 (cinco) anos de efetivo serviço a cumprir na carreira;
VII - não estar cedido para órgão diverso da polícia civil, polícia militar e corpo de bombeiro militar.
Seção II
Dos Jogos Olímpicos de 2016
Art. 4o Poderão participar do ciclo especial de capacitação Jogos Olímpicos de 2016, os profissionais de segurança pública que atenderem os seguintes requisitos:
I - ser policial civil, policial militar, bombeiro militar ou guarda municipal de ente federativo sede dos Jogos Olímpicos de 2016 que tenha assinado termo de adesão, nos termos do art. 9º do
Decreto nº 6.490, de 19 de junho de 2008;
II - perceber remuneração mensal bruta de até R$ 3.200,00 (três mil e duzentos reais);
III - não ter sido responsabilizado ou condenado pela prática de infração administrativa grave, nos últimos cinco anos;
IV - não possuir condenação penal nos últimos cinco anos;
V - freqüentar, a cada doze meses, ao menos um dos cursos oferecidos ou reconhecidos pela Secretaria Nacional de Segurança Pública ou pelo Departamento Penitenciário Nacional do Ministério da Justiça;
VI - ter no mínimo mais 7 (sete) anos de efetivo serviço a cumprir na carreira; e(QUEM POSSUI MAIS DE 23 ANOS DE SERVIÇO ESTÁ FORA DO BOLSA OLÍMPICA)
VIII - não estar cedido para órgão diverso da polícia civil, polícia militar, corpo de bombeiro militar e guarda municipal.

CAPÍTULO III
DOS VALORES E DO PAGAMENTO DA BOLSA-FORMAÇÃO
Art. 5o Os valores da bolsa mensal no âmbito do Projeto Bolsa-Formação são os seguintes:
I - cursos regulares: R$ 443,00 (quatrocentos e quarenta e três reais);
II - ciclo especial de capacitação Jogos da Copa do Mundo de 2014: R$ 550,00 (quinhentos e cinqüenta); e
III - ciclo especial de capacitação Jogos Olímpicos de 2016: R$ 1.200,00 (um mil e duzentos reais).
Art. 6o A Bolsa-Formação será paga durante doze meses, consecutivos ou não, a partir da homologação da inscrição do candidato nos cursos regulares ou nos ciclos especiais de capacitação.

CAPÍTULO IV
DO CANCELAMENTO
Art. 7o A Bolsa-Formação deverá ser imediatamente cancelada pelo gestor federal, gestor estadual, gestor municipal ou representante institucional nas seguintes hipóteses posteriores à homologação
da inscrição do candidato:
I - não atendimento pelo beneficiário:
a) dos requisitos descritos no art. 10 do Decreto nº 6.490/08, no caso dos cursos regulares;
b) dos requisitos descritos no art. 3o desta Portaria, no caso do ciclo especial de capacitação Jogos da Copa do Mundo de 2014;
c) dos requisitos descritos no art. 4o, no caso do ciclo especial de capacitação Jogos Olímpicos de 2016;
II - ocorrência de alguma das situações descritas no art. 14 do Decreto nº 6.490/08; ou
III - cancelamento do termo de adesão assinado com o ente federativo em relação ao qual o beneficiário tem vínculo.

CAPÍTULO V
DO GRUPO DE TRABALHO JOGOS DA COPA DO
MUNDO DE 2014 E JOGOS OLÍMPICOS DE 2016
Seção I
Da Natureza e da Competência
Art. 8o Fica instituído o Grupo de Trabalho Jogos da Copa do Mundo de 2014 e Jogos Olímpicos de 2016, competindo-lhe:
I - estabelecer critérios e parâmetros visando à uniformização de práticas e procedimentos necessários à implementação dos ciclos especiais de capacitação Jogos da Copa do Mundo de 2014 e Jogos
Olímpicos de 2016;
II - definir as atividades a serem desenvolvidas pela unidade responsável pela segurança de eventos esportivos;
III - definir o plano de ensino dos ciclos especiais de capacitação Jogos da Copa do Mundo de 2014 e Jogos Olímpicos de 2016;
IV - estabelecer critérios para auferir a implementação pelo ente federativo da filosofia de Polícia Comunitária; e
V - elaborar minuta de termo de adesão ao Projeto Bolsa-Formação referente aos ciclos especiais de capacitação Jogos da Copa do Mundo de 2014 e Jogos Olímpicos de 2016, que deverá conter cronograma para o encaminhamento de projeto de lei ao Poder Legislativo instituindo piso remuneratório de que trata os §§ 2º e 3º do art. 9º do Decreto nº 6.490/08 e projeto para adequar a jornada de trabalho ao regime de trabalho previsto no inciso IV do art. 9º do Decreto nº 6.490/08.(12 X 36)
Parágrafo único. O plano de ensino dos ciclos especiais de capacitação Jogos da Copa do Mundo de 2014 e Jogos Olímpicos de 2016 deverá contemplar as disciplinas de inglês ou espanhol, níveis
básico, intermediário e avançado.
Seção II
Da Composição e do Funcionamento
Art. 9o O Grupo de Trabalho Jogos da Copa do Mundo de 2014 e Jogos Olímpicos de 2016 será constituído pelos seguintes membros:
I - cinco representantes do Ministério da Justiça;
II - um representante de cada ente federativo escolhido para sediar os Jogos da Copa do Mundo de 2014; e
III - um representante do ente federativo escolhido para sediar os Jogos Olímpicos de 2016.
§ 1o Os representantes do Ministério da Justiça serão designados pelo Ministro de Estado da Justiça.
§ 2o Os representantes dos entes federativos que sediarão os Jogos da Copa do Mundo de 2014 serão designados pelos governadores.
§ 3o Os representantes dos entes federativos que sediarão os Jogos Olímpicos de 2016 serão designados pelos prefeitos.
§ 4o O Coordenador do Grupo de Trabalho e seu substituto serão designados dentre os representantes do Ministério da Justiça.
§ 5o Caso necessário, os representantes do Grupo de Trabalho poderão ser substituídos.
Art. 10. A participação no Grupo de Trabalho não enseja remuneração de qualquer espécie, considerada serviço público relevante.
Art. 11. O Grupo de Trabalho reunir-se-á por convocação do Coordenador ou de seu substituto, que poderá convidar representantes de outros órgãos e entidades públicas, para subsidiá-lo com conhecimentos
específicos.
Art. 12. O Grupo de Trabalho terá prazo de 60 (sessenta) dias, prorrogáveis por igual período, para apresentar relatório final ao Ministro de Estado da Justiça, que deverá conter:
I - os procedimentos necessários à implementação dos ciclos especiais de capacitação Jogos da Copa do Mundo de 2014 e Jogos Olímpicos de 2016;
II - o plano de ensino dos ciclos especiais de capacitação Jogos da Copa do Mundo de 2014 e Jogos Olímpicos de 2016;
III - definição sobre as atividades a serem desenvolvidas pela unidade responsável pela segurança de eventos esportivos;
IV - critérios para auferir a implementação pelo ente federativo da filosofia de Polícia Comunitária; e
V - a minuta do termo de adesão ao Projeto Bolsa-Formação referente aos ciclos especiais de capacitação Jogos da Copa do Mundo de 2014 e Jogos Olímpicos de 2016.
Art. 13. As despesas do Grupo de Trabalho correrão por conta dos recursos orçamentários do Ministério da Justiça.

CAPÍTULO VI
DISPOSIÇÕES FINAIS
Art. 14. O profissional de segurança pública que já for beneficiário da Bolsa-Formação em razão da participação nos cursos regulares apenas poderá se inscrever em um dos ciclos especiais de capacitação após doze meses, contados da data do recebimento do primeiro benefício, Independentemente do seu cancelamento ou renúncia.
Art. 15. O descumprimento do art. 9o, caput e §§ 2o e 3o, do Decreto nº 6.490, de 19 de junho de 2008, com redação conferida pelo Decreto nº 7.081, de 26 de janeiro de 2010, implicará no imediato
cancelamento do termo de adesão celebrado com o ente federativo.
Art. 16. Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.

TARSO GENRO
MINISTRO DA JUSTIÇA


Concluido, quem tem mais de 23 anos de Serviço na PMERJ não irá receber o Bolsa Olímpica, quem recebe, em seu contra-cheque,  salário bruto de 3.200 ou mais não irá receber. Policiais Adidos a outros órgãos não irão receber também. 

Detalhe importante, quem recebe o bolsa-formação e quiser migrar para o bolsa olímpica terá que esperar vencer as 12 parcelas daquela. Então fique esperto ao fazer um novo requerimento para ganhar 443 reais.
Tão logo consiga novas informações, postarei-as.

"JUNTOS SOMOS MUITO FORTES"
"PEC 300 JÁ"
 "PELO AMOR DE DEUS"

domingo, 24 de janeiro de 2010

"MARCHA PELA PEC 300 EM Brasília é anunciada pelo Major Fábio.."



A VITÓRIA É CERTA, BASTA LUTAR POR ELA!!!!

Publicado por Redação Paraíba.com.br
O deputado federal paraibano Major Fábio (DEM), motivado pelo sentimento de euforia que toma conta dos PM,s e BM,s em todo Brasil, anunciou que a partir do dia 1º de fevereiro, caravanas de vários estados estarão desembarcando em Brasília. A mobilização ocorre no início das atividades parlamentares.

Os Policiais e Bombeiros seguem confiantes no compromisso firmado pelo presidente Câmara, que na conclusão das atividades do ano, assumiu o compromisso diante dos deputados federais Major Fábio, Capitão Assumção e dos demais membros da Comissão Especial, que votaria a PEC 300 no início de 2010.

Exemplo de superação e motivação em defesa da PEC 300, o deputado federal Capitão Assumção (PSB-ES) confirmou mais de cinco ônibus partindo de várias regiões do Espírito Santo. De Minas Gerais, segundo o Cabo Coelho presidente da Associação de Cabos e Soldados, cerca de dez ônibus deverão seguir para Brasília.

Na Bahia com o Capitão Tadeu; em São Paulo o Sub-Tenente Clóvis; Goiás com Soldado Caetano; Rio Grande Sul, Soldado Lucas, presidente da Associação dos PM,s; Rio de Janeiro, Rio Grande Norte e Pernambuco também confirmaram participação. Outro exemplo de empenho em defesa da PEC 300 surge no Pará, o estado realizou uma das maiores mobilizações e também vai enviar uma grande comitiva.

De acordo com o Major Fábio, as caravanas que estão sendo preparadas nos estados reforçam o sentimento nacional em defesa da PEC 300. “Os PM,s e BM,s seguem para Brasília em busca da grande vitória, essa é uma mobilização jamais vista na história da Policia e do Corpo de Bombeiros Militar do Brasil. Tenho certeza que a Paraíba também vai participar desse momento histórico que vai ficar marcado entre as grandes mobilizações já realizadas em Brasília”, enfatizou.

Já no próximo domingo (24), o deputado Major Fábio confirmou presença na Marcha que está sendo organizada pela Associação dos Cabos e Soldados da Paraíba. A concentração está prevista para às 8h da manhã, no Busto de Tamandaré, na orla de João Pessoa. “Espero que nesse evento possamos mobilizar um grande número de Policiais e Bombeiros para participar da Marcha de Brasília”, finalizou o Major. 


"TOTAL APOIO DO BLOG "POLICIAL FARDADO"


RUMO A VITÓRIA, RUMO A DIGNIDADE!!

"JUNTOS SOMOS MUITO FORTES"
"PEC 300 JÁ"
 "PELO AMOR DE DEUS"

domingo, 17 de janeiro de 2010

"Agora todo dia uma Viatura é FUZILADA E POLICIAIS são MORTOS aqui no Rio..."


PMs são fuzilados por bandidos em Madureira

(15/01/10)

POR BARTOLOMEU BRITO
Rio - Dois policiais do 9º BPM (Rocha Miranda) foram mortos quando passavam pela Avenida Ministro Edgard Romero, em frente ao Morro do Cajueiro, em Madureira, na Zona Norte do Rio, por volta das 7h50 desta sexta-feira. Um grupo de cinco bandidos em dois carros roubava uma van de entrega da Souza Cruz, quando viu a patrulha e começou a atirar.

Bandidos que trocaram tiros na Tijuca haviam baleado PM na Zona Sul

(16/01/10)

Rio - O soldado da 1ª Companhia do Palácio Guanabara Marcelo Blanco Lopes de Lucas reconheceu os dois bandidos mortos na noite deste sábado na Tijuca, como sendo os mesmos que tentaram realizar um assalto no Largo do Machado, pouco antes da troca de tiros no bairro da Zona Norte. O policial ficou ferido na perna

 

Policial morre e outro fica ferido após carro ser metralhado na Cidade Nova

(17/01/10)

Rio - Uma viatura da Polícia Militar que fazia um patrulhamento de rotina foi metralhada em frente ao Centro de Convenções Sul América, próximo ao prédio da prefeitura do Rio, na Cidade Nova, na manhã deste domingo. De acordo com PMs, houve troca de tiros e o 3º sargento Wilson Alexandre de Carvalho foi baleado na cabeça e não resistiu ao ferimento. O soldado Davi de Almeida Wanzeler que o acompanhava foi ferido na perna e no tórax e levado para o Hospital Central da PM.

 

SARGENTO PM ASSASSINADO DENTRO DE COLETIVO

(23/01/10)

Policial morre baleado após tentativa de assalto na zona norte do Rio


Um sargento da Polícia Militar foi morto na noite desta sexta-feira (22) após reagir a uma tentativa de assalto a um ônibus na avenida Brasil, na altura de Parada de Lucas, na zona norte do Rio. O crime aconteceu por volta das 21h15.

De acordo com a sala de escuta da PM, o sargento de 44 anos reagiu ao assalto dentro de um ônibus que fazia a linha 122 (Central-Comendador Soares). Quatro homens participaram do assalto. O sargento chegou a brigar com dois deles, que teriam arrastado o policial para fora do ônibus.

Os bandidos efetuaram vários disparos e ainda roubaram a arma do sargento. Ele chegou a ser socorrido para o hospital Getúlio Vargas, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Ninguém havia sido preso até a manhã deste sábado. O caso foi registrado no 36º DP (Santa Cruz). O sepultamento do sargento ocorrerá neste sábado no cemitério Jardim da Saudade, em Mesquita (Baixada Fluminense)



Infelizmente tenho que fazer essas postagens, pelo menos para tentar chamar a  atenção de alguém, porque do jeito que está ficando, não dá. Imagina a situação de um Policial que ao assumir um serviço e entrar numa viatura, durante sua ronda pode ser metralhado a qualquer momento, FUZILADO pelas costas, é desse jeito que os vagabundos fazem. Sabe quanto ele ganha para fazer isso, MÍSEROS 970 REAIS. Ele ganha isso para ser FUZILADO. Sabe qual a carga horário de trabalho dele, não sabemos, nem ele sabe, aliás, sabe que ao passar o serviço, no outro dia, ele estará de extra não-remunerado. O PM recém-formado tem que rezar para não ser reconhecido como Policial, porque se não será morto e sem chance de defesa, porque o Estado não acautela uma arma para ele, e com o salário que recebe não conseguirá comprar uma. Tem que tirar desse mísero salário também para pagar passagem, porque se receber o rio card, vai demorar pelo menos muitos meses para chegar.    CHEGA DE DESCASO, CHEGAAAAA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!



VAMOS NOS MANTER VIVOS, VAMOS MANTER A POLICIA MILITAR VIVA.
ACORDEM GOVERNANTES, ACORDEM CMTs.


Nossos pesames as famílias desses Heróis mortos.


"JUNTOS SOMOS MUITO FORTES"
"PEC 300 JÁ"
 "PELO AMOR DE DEUS"

domingo, 3 de janeiro de 2010

"Escala 12x12 , se aprovada, será para quem receber o bolsa olímpica.." e a CONSTITUIÇÃO"




É  meus amigos, nada é tão ruim que não possa piorar. Vale lembrar que uma escala dessa fere nossa CONSTITUIÇÃO FEDERAL, nossa lei maior, nosso Paradigma para qualquer outra lei, tudo que vá contra o que ela nos obriga e nos concede é INCONSTITUCIONAL, vale lembrar que ela proíbe uma jornada semanal de trabalho maior que 44 horas semanais, já pararam para pensar o quanto trabalharemos, caso essa proposta (DEUS não irá permitir) seja aprovada. 

"JUNTOS SOMOS MUITO FORTES" 
"PEC 300 JÁ"
 "PELO AMOR DE DEUS"


"Informações para nossos amigos da PCERJ, se são boas não sei.."



Rio - A guerra da Polícia Civil este ano é contra um inimigo desarmado, que não está na lista dos mais perigosos do Rio e que há anos a instituição tenta combater, mas sem sucesso: o bico. Há oito meses à frente da Chefia de Polícia Civil, Allan Turnowski elegeu o fim do segundo emprego do policial como sua meta para 2010, e já prepara uma nova escala para que um número maior de agentes possa trabalhar todos os dias.



A primeira turma a estrear a nova forma de atuação da instituição será a de 460 inspetores. Eles começam a trabalhar em fevereiro. “Eles não fazem o bico, por isso dá para colocá-los para trabalhar todos os dias. Vamos provar que essa escala é possível”, afirmou Turnowski, garantindo que um planejamento para toda a Polícia Civil já está em elaboração. “Não posso simplesmente tirar o trabalho externo. Preciso pagar por isso. A gente está trabalhando duro para isso”, assegurou ele, que fez um balanço de sua gestão e contou ainda quais são seus outros planos para 2010, quando poderá deixar o cargo. Perguntado sobre a marca que quer deixar de sua administração, disse: “Quero que o policial tenha orgulho de dizer que é policial civil. Se conseguir isso, já estou satisfeito”.     
O DIA: Qual a meta da Polícia Civil para 2010?

Allan Turnowski: – É a compra do bico. A mudança de escala, a exclusividade dos policiais na função policial. E para isso, a gente tem que conseguir pagar esse dinheiro que ele faz fora, para não faltar o leite que ele já conta, o colégio e o plano de saúde que ele já paga. O governador (Sergio Cabral) já deu aumento. A meta é essa: melhora de salário para ser exclusivo. Assim dá para praticamente sobreviver com os policiais que temos hoje.

Mas como isso será feito?

Está sendo estudado. A gente está trabalhando duro nisso. Hoje, a gente trabalha com 80% do efetivo no plantão, e 20% no expediente. A ideia é inverter isso. É colocar 70% dos policiais para trabalhar todos os dias, e 30% no plantão. Não é simplesmente só colocar o policial para trabalhar todos os dias. É um projeto maior. É mostrar ao policial a importância disso. A Polícia Federal, o Ministério Pública, o Judiciário trabalham assim. Se a gente quer falar que é polícia judiciária, tem que trabalhar no mesmo ritmo deles. Só que isso demanda uma série de questões estratégicas. Extraída do "Dia online"

 Uma idéia boa e correta sim. Porém um tanto utópica, veja bem,  pagar bem um policial que tem um dos piores salários do país com um aumento de 5%.  Temos que lembrar que o policial fazendo bico, ganha bem mais do que seu salário de Policial, ou seja, para que não tenha mais necessidade de fazer bico, ele teria que ter um aumento de mais de 100%, não teria, ou eu estou errado? Infelizmente nosso Governo não pensa assim e acredito que se depender dele para que profissionais de Segurança pública tenham um pouco mais de dignidade, será difícil se chegar ao ponto de dizer que tem orgulho de ser um POLICIAL. Sei que se dependesse apenas de nosso CMT da PMERJ, quanto do Chefe da PCERJ,  hoje essas instituições seriam bem melhores, tendo em vista seus ideais em valorizar os profissionais que lá estão, mas infelizmente uma andorinha só não faz verão. OBS: O Policial faz bico, não é porque ele quer, é porque ele depende disso para viver, porque com o salário que recebe, não dá nem para suas necessidades básicas. Triste realidade aqui no Rio de Janeiro.  Realmente o Srº Delegado de Polícia  e Chefe desta, Allan Turnowski, tem total razão em dizer que a Policia Federal, o Ministério Público e o Judiciário trabalham todos os dias, no expediente, porém esqueceu de mencionar a  grotesca diferença salarial dessas categorias para com a PCERJ, BMERJ e PMERJ.

"JUNTOS SOMOS MUITO FORTES" 
"PEC 300 JÁ"
 "PELO AMOR DE DEUS"

"Parabéns aos SGTs BMs do Pará, concludentes do CAS 2009.."




Venho, através deste Blog, parabenizá-los por mais essa vitória. Nos PMs e BMs do Rio desejamos aos amigos ai do Pará muito mais vitórias nesse próximo ano. Muita saúde, paz e alegria para vocês ai, e um agradecimento especial ao 2º Sgt BM Marcelo do Pará pela participação em nosso espaço.

Conheça o Blog dos alunos do CAS BM, turma B, 2009.

http://casbm2009.blogspot.com/


"JUNTOS SOMOS MUITO FORTES"
"PEC 300 JÁ"
 "PELO AMOR DE DEUS"

sábado, 19 de dezembro de 2009

"Mais uma família de PM passará um Natal infeliz, porque mais um PM em serviço foi Morto..."





Morre policial militar baleado em Madureira

Outras três pessoas foram feridas por balas perdidas e um pedestre acabou atropelado

Rio - O cabo da Polícia Militar Renato Gomes Miranda, baleado na manhã desta sexta-feira, em Madureira, Zona Norte do rio, morreu no Hospital Salgado Filho. Ele foi ferido a tiros por desconhecidos que passaram em veículo e atiraram contra o policial, que estava fardado próximo a uma cabine da corporação.
Três pessoas que passavam pelo local também foram atingidos por balas perdidas, disparadas por cinco ou seis homens que estavam em um Volkswagen Polo, e uma outra foi atropelada. Os bandidos trocaram de carro outras duas vezes. Foram apreendidos um distintivo da Polícia Civil, colete e bonés da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core), munição e uma escopeta calibre 12.
De acordo com relatos de testemunhas, os criminosos perseguiam uma kombi de uma empresa de cigarros. O motorista avisou a polícia e, após iniciar a perseguição, houve intenso tiroteio. Houve confusão generalizada no calçadão de Madureira - no momento, o local estava cheio, pois muitas famílias faziam compras.
O cabo, que cuidava do trânsito, mas estava próximo a uma cabine da PM, chegou a ser levado para a sala de operações e foi reanimado após parada cardíaca, mas não resistiu aos ferimentos. A polícia fez buscas pela região, mas ninguém foi preso. Fonte " O Dia online"


Na delegacia, enquanto esperava para prestar depoimento, a arquiteta (também ferida) fez um desabafo:

- Voltei das férias hoje (ontem) e estava indo para um amigo oculto do trabalho. Dirigia normalmente quando senti uma coisa pinicar na minha nuca. Coloquei a mão e vi que estava sangrando. Logo depois vi a bala. Segurei-a e ela ainda estava quente. Larguei a bala no chão do carro e depois um PM veio me dizer que teria que ir para o hospital. Lá, o médico me disse ter sido um milagre o que aconteceu: se a bala tivesse entrado mais um pouquinho, eu teria tido problemas graves, podendo até morrer.
Ela disse ainda que festejará o que considera seu segundo nascimento no dia de Natal:


- Foi um verdadeiro milagre de Natal o que vivi hoje (ontem). Este ano, celebrarei a minha vida na data, como se fosse um renascimento. Só lamento pelo policial que acabou morrendo. Queria poder dizer à família dele que esse homem foi um herói. Lutar desse jeito com homens armados até os dentes... Muitos fugiriam. Deus o abençoe.

Infelizmente essa ainda é a realidade do Rio e mais ainda a realidade de um PMERJ, enquanto alguem não tomar providências eficazes, vamos continuar lamentando morte de inocentes e de POLICIAIS. Temos que punir severamente esses marginais que tiram a vida de nossos Heróis. LEGISLATIVO!! vamos trabalhar, vamos fazer leis sérias. Não aguento mais ver irmão meu morrendo.  Vamos valorizá-los,  vamos dar dignidade a eles. BASTAAAAA!!!! Mais um sol que nasce no céu do Brasil.



Faço das palavras dessa arquiteta, as minhas. Fico feliz em saber que ainda tem gente se importanto com Policial. Que Deus ilumine o caminho desse irmão e que possa confortar sua família. Estamos a disposição para qualquer coisa...


"JUNTOS SOMOS MUITO FORTES"
"PEC 300 JÁ"
                                          "PELO AMOR DE DEUS"

domingo, 13 de dezembro de 2009

"Ministro da Justiça quer Piso para Policiais de R$ 3.200 para 2010"



 
Abaixo a entrevista com o Ministro da Justiça e publicada no Jornal O Dia. Para ler por completo, basta acessar o Dia online. "RUMO A VITÓRIA, RUMO A UM POUCO DE DIGNIDADE"

Tarso Genro: ‘Queremos um piso de R$ 3.200 para policiais em 2010’

Brasília - A meta parece inatingível. Mas o ministro da Justiça, Tarso Genro, garante: está lançado o objetivo, já para o ano que vem, de implementar um piso salarial para as polícias e o Corpo de Bombeiros do Rio de R$ 3.200, o que representa, por exemplo, quatro vezes o ganho mensal de um soldado. O aumento virá na forma de gratificação financiada pelo governo federal. Com a chamada ‘Bolsa-Olímpica’, o agente de segurança terá que participar de cursos de qualificação. É essa a nova polícia que vai ocupar as próximas 50 Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) até 2016, experiência bem-sucedida e que poderá ser exportada para o Haiti. Por aqui, Tarso alerta: as unidades têm que sofrer correções e ganhar mais programas sociais.

O governo já chegou a um consenso de qual será o valor da Bolsa Olímpica?
A proposta que estamos fazendo é a que permita um valor de R$ 3.200 de piso salarial a partir do ano que vem para os policiais do Rio. Esta é a pretensão que negociamos com o governo estadual e que os recursos estão destinados a dar sustentação.

Tanto para policiais civis quanto para militares?
Sim.

Bombeiros também entrariam no projeto?
 Sim

O que falta definir?
Depende da votação do orçamento no Congresso Nacional. As bancadas já propuseram as emendas para este valor, e a nossa parte, nós também fizemos. O projeto de lei que institui a bolsa já está na Casa Civil e no Ministério do Planejamento. A nossa tarefa foi cumprida e agora isso passará pela relação direta entre o governador e o presidente da República.programa?
Sim.


ABAIXO O LINK DA ENTREVISTA COMPLETA:


http://odia.terra.com.br/portal/brasil/html/2009/12/tarso_genro_queremos_um_piso_de_r_3_200_para_policiais_em_2010_52851.html


"JUNTOS SOMOS MUITO FORTES"
"PEC 300 JÁ"
"PELO AMOR DE DEUS"



"Blog PRAÇAS DA PMERJ em novo endereço" Sabotaram-no...





ATENÇÃO

"Graças a uma sabotagem no Blog Praças da PMERJ, ele foi apagado, mas já foi recriado, agora em um novo endereço. TODOS UNIDOS POR UMA PMERJ MELHOR..."

NOVO ENDEREÇO:




"JUNTOS SOMOS MUITO FORTES"
"PEC 300 JÁ"
"PELO AMOR DE DEUS"
 

terça-feira, 8 de dezembro de 2009

"Policial Militar MORTO em serviço, Mais um sol que..."


Policial militar é baleado e morre na Zona Norte

POR PAULA SARAPU
Rio - O segundo sargento Carlos Pacheco, de 46 anos, lotado no 22º BPM (Maré), foi morto no início da manhã desta terça-feira na Rua Teixeira Castro, em Bonsucesso, na Zona Norte do Rio, após ser baleado por um bandido. O criminoso, identificado como Alessandro da Silva Soares, ficou ferido e foi preso no hospital.
O policial estava com um colega em um hotel fazendo sua higiene antes de terminar o plantão, quando notou que um homem havia desistido de entrar no local devido a sua presença. O PM foi atrás do suspeito e mandou que ele descesse de um táxi. O bandido aproveitou que o sargento estava próximo à porta do veículo e abriu-a com força, derrubando o oficial. Houve troca de tiros. O policial levou três tiros e o bandido foi baleado na perna.
O sargento ainda foi levado para o Hospital Geral de Bonsucesso, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. O criminoso, que mora no Parque União, foi preso no Hospital Getúlio Vargas, na Penha, Zona Norte.
O táxi havia sido roubado na Avenida Brasil. Como o veículo tem segredo, ele parou na Rua Uranos, nos subúrbio do Rio, durante a fuga. Os outros dois bandidos conseguiram fugir.


Infelizmente essa é nossa realidade. Nossas solidariedades a família desse nosso irmão.  Sem mais comentários.

"JUNTOS SOMOS MUITO FORTES"
"PEC 300 JÁ"
"PELO AMOR DE DEUS"
 


sábado, 5 de dezembro de 2009

"Saiu o Calendário de pagamento de 2010."


"JUNTOS SOMOS MUITO FORTES"
"PEC 300 JÁ" 
"PELO AMOR DE DEUS"